Histórico

Existe um longo histórico do desenvolvimento das atividades aeronáuticas em São Carlos e na Escola de Engenharia de São Carlos - USP. A Escola vem investindo, já há diversos anos, na formação de recursos humanos, infra-estrutura geral, no mercado de trabalho com o reconhecimento de suas atividades na área, na graduação e pós-graduação, o que culminou com a criação do Departamento de Engenharia de Materiais, Aeronáutica e Automobilística no início de 1999 e também, com esta proposta para a criação de uma habilitação em Engenharia Aeronáutica na EESC-USP.

As atividades aeronáuticas na EESC-USP foram concentradas e fortemente incentivadas no Departamento de Engenharia Mecânica da EESC-USP a partir da década de 80. A principal atividade, desenvolvida ao longo dos últimos 20 anos, foi a formação dos recursos humanos, com a titulação dos docentes envolvidos na área e a qualificação profissional dos seus técnicos e de pessoal administrativo.

Neste período iniciaram-se as atividades na pós-graduação, montagem de laboratórios de pesquisa e ensino, criação da ênfase em Aeronaves no Curso de Engenharia Mecânica, onde os alunos puderam desenvolver seus programas de Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado. O Departamento de Engenharia Mecânica destinou área exclusiva para as atividades aeronáuticas, colaborando decisivamente para o desenvolvimento de uma infra-estrutura, que permite, atualmente, inúmeras atividades importantes na área. A prestação de serviços à comunidade se fortaleceu e tem destaque na atualidade. A comunidade aeronáutica nacional e internacional tomou conhecimento dos trabalhos desenvolvidas nesta área em São Carlos, caracterizando-a como um polo de desenvolvimento de tecnologia e ciência A criação da ênfase em Aeronaves, no curso de Engenharia Mecânica, proporcionou aos alunos egressos as atribuições do Engenheiro Aeronáutico no que se refere ao avião, abrindo um campo de atuação amplo e importante conforme os anseios da comunidade e com as necessidades do país nesta importante área de atuação. Temos hoje em dia um número expressivo de alunos formados reconhecidos pela comunidade aeronáutica, que trabalham no campo aeronáutico, e que contribuem para o desenvolvimento técnico e científico do país.

A criação das atividades aeronáuticas dentro da Engenharia Mecânica trouxe um amplo desenvolvimento para ambas as partes. Um leque maior de opções foi aberto e várias outras possibilidades de pesquisa se tornaram realidade. Devido às similaridades em várias áreas de atuação da Engenharia Mecânica Automobilística e Aeronáutica, e também por necessidade do meio produtivo nacional, atividades de pesquisa e desenvolvimento foram realizadas na Engenharia Automobilística, utilizando-se de procedimentos de origem na Engenharia Aeronáutica; o que vem trazendo contribuições importantes à Engenharia da Mobilidade Nacional, termo utilizado pela SAE e que se torna de conhecimento mundial. Este inter-relacionamento, único da EESC-USP, tem caracterizado o trabalho nas duas áreas e tem demonstrado ser um aspecto aglutinador, com reflexos importantes na comunidade técnica e científica nacional.
Este fator aglutinador é que resultou na criação do Departamento de Engenharia de Materiais, Aeronáutica e Automobilística na EESC-USP, o qual pretende centralizar e coordenar as atividades nestas áreas.

O grande avanço atualmente na Engenharia Aeronáutica e Automobilística tem se apoiado fortemente na utilização estratégica de novos materiais. A utilização de materiais especiais, na Engenharia da Mobilidade, tem proporcionado o crescente desempenho dos veículos aéreos ou terrestres. Tendo em vista esta conclusão de origem técnica, somam-se também, no novo Departamento, as atividades que tratam especificamente dos materiais, seu desenvolvimento, sua caracterização, etc. Isto põem o Departamento recém criado dentro de uma filosofia moderna e mundial.

Engenharia Aeronáutica - EESC USP