Agenda de Defesas

Defesa de Mestrado e Qualificação de Mestrado marcados para  Julho e Agosto de 2020

 

Defesa de Mestrado

Candidata Tayra Müller Silva Lopes

"ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DAS CONDIÇÕES DE CONTORNO NA DETERMINAÇÃO DOS PARÂMETROS ELÁSTICOS E DA TENACIDADE DE ROCHAS NO ENSAIO BRASILEIRO”

Dia 31 de julho de 2020, às 09:00h por Acesso remoto, link meet.google.com/qeazgep-xub

Banca:

Prof. Dr. Tarcisio Barreto Celestino - Orientador - EESC/USP

Prof. Dr. José Jorge Nader  - EP-USP

Prof. Dr. Clovis Gonzatti  – UFRGS

Resumo:

O ensaio de compressão diametral é largamente utilizado para a avaliação indireta da resistência à tração de materiais frágeis ou quase frágeis. Contudo, a influência das condições de contorno do ensaio sobre as respostas mecânicas não é ainda muito bem compreendida. Além da influência das condições de contorno, a determinação dos parâmetros elásticos e da tenacidade a partir do ensaio brasileiro ainda não é completamente estabelecida na literatura. Apesar de soluções analíticas serem utilizadas na modelagem do problema, essa abordagem não representa de forma precisa as condições de contorno. Dessa forma, a solução robusta do problema requer a utilização de métodos numéricos. Nesse contexto, este trabalho apresenta a análise da influência das condições de contorno na distribuição das tensões de tração no ensaio de compressão diametral. Enquanto muitas soluções analíticas assumem o estado plano de deformação, a Sociedade Internacional de Mecânica das Rochas (ISRM) sugere diferentes espessuras de corpo de prova e mandíbula. São consideradas diferentes espessuras da mandíbula de aplicação de carga em relação à espessura do corpo de prova, distintas representações do fenômeno do contato, variados coeficientes de atrito, diferentes métodos numéricos e distintas restrições de deslocamento. Os resultados permitem concluir que a distribuição de tensão não é fortemente alterada pelas diversas hipóteses de modelagem das condições de contorno. Contudo, a adoção de espessuras iguais para a mandíbula e para o corpo de prova foi efetiva para a redução da concentração de tensão existente na região do contato entre o corpo de prova e a mandíbula. Quanto à determinação dos parâmetros elásticos, o método sugerido por Celestino e Bortolucci (1998) foi validado por soluções analíticas. Igualmente, o método para determinação da tenacidade sugerido por Celestino e Bortolucci (1992) foi validado por solução analítica e pelos métodos numéricos utilizados no presente estudo.

 

Palavras-chave: Ensaio Brasileiro, Fenômeno do Contato, Método dos Elementos de Contorno, Método dos Elementos Finitos, Resistência à Tração, Tenacidade 

-------------------------------- 

Qualificação de Mestrado

Candidata Rafaela Gonçalves Pires Morgado intitulada "ANÁLISE CRÍTICA DE ALGUMAS RUPTURAS DE BARRAGENS DE REJEITO DE MINERAÇÃO NO BRASIL"

no dia 07 de agosto de 2020, às 09:00h por Acesso remoto link: meet.google.com/meb-epkyodd

Banca:

Prof. Dr. Heraldo Luiz Giacheti  - Orientador – UNESP-Bauru

Prof. Dr. Edmundo Rogerio Esquivel  - SGS-EESC-USP

Dr. Luciano Rocha  - Mineração Jundu 

----------------------------------------------------